Laminado, temperado ou comum. Qual vidro escolher para o meu projeto?

post_blog_01 copiar

Escolher o vidro certo para cada necessidade permite que ele alcance o desempenho desejado com segurança, designer e vantagens como maior luminosidade, isolamento térmico e acústico.

Aplicar um material inadequado e de procedência duvidosa, pode comprometer todo o projeto, gerando problemas que podem prejudicar o orçamento além de acidentes graves.

Mas então como escolher o vidro ideal para meu projeto?

Laminados

Se você procura segurança, conforto, proteção e controle acústico, os vidros laminados são a escolha certa. Conhecido por ser um vidro de segurança devido a sua característica de que em caso de quebra seus fragmentos ficarem colados ao PVB (polivinil burial), reduzindo o risco de lesões corporais e danos materiais. Sendo assim são excelentes escolhas para serem usados em coberturas, guarda-corpos e fachadas.

Outra vantagem que o vidro laminado oferece é o isolamento acústico, para quem vive em cidades e ambientes mais barulhentos, o controle sonoro que ele traz é perfeito para garantir mais conforto e privacidade.

Temperados

5 vezes mais forte que o vidro comum, o vidro temperado com certeza se enquadra como vidro de segurança, afinal quando se trata de vidro é o que todos procuram, algo que seja resistente e durável. O temperado oferece tudo isso, e em caso de quebra, o que podemos dizer que não será tão fácil, a selagem em seu interior não permite que grandes pedaços de vidro se espalhem pelo ambiente, mantendo tudo em fragmentos arredondados e juntos.

Logo, podem ser utilizados em box, vitrines, móveis e portas, por exemplo.

Comum

O vidro comum, é a escolha ideal para quem procura praticidade e economia. Bastante utilizado na indústria de comércio, podemos vê-lo com mais frequência em produtos como potes, garrafas, copos, pratos, lâmpadas, vidros para laboratórios e muitos outros.

A escolha do vidro comum também pode ser uma opção para quem procura uma visibilidade maior, devido a sua espessura uniforme o que não provoca distorção óptica. 

Matérias

História do vidro

A história da descoberta do vidro é bem antiga, os primeiros registros datam de 5000 a.C.; quando mercadores fenícios descobriram acidentalmente o novo material ao

ver matéria

Copyright 2018 | Todos os direitos reservados | www.agenciamona.com